terça-feira, outubro 23, 2007

Ausência

Não tenho mais um emprego full time que eu gosto.
Não consegui passar nem um desses meses de agência saboreando o que ganhava. Eu só fiz e paguei contas. Não dá ainda pra ir pro Canadá.
I'm fine, I'm really fine and doing well, mas não vislumbro possibilidade de férias - e olhe que eu nem havia planejado nada. Meu telefone não pára de tocar e eu já tenho ganas de fazer esse Z3 tão lindo cair na parede. Como diz o Caetano, "ah, a gravidade é uma loucura".
Eu não consigo ficar sem fazer todo o nada que eu gostaria. Sério: nem por três horas. Eu ainda não consegui ir ao cinema à tarde e muito menos alugar seriadinhos na Cartoon. Eu moro com uma menina de 19 anos e um cachorro que não é o meu; não tenho televisão e nem computador e agora, nesse momento, só consigo pensar que moro longe dos lugares em que preciso constantemente estar.
Eu só queria uma semana de férias. Uma semaninha sem que ninguém me demandasse toda a atenção do mundo.
Eu passo noites querendo escrever mas não consigo, ou tem muita gente em volta, ou não dá tempo. Se eu não ligo o msn, não falo com pessoas que me importam. Se eu ligo, eu não dou conta de falar com todo mundo e fazer tudo o que preciso. E isso não parece que vai parar no próximo mês e depois... Bem, depois é dezembro.

Então, olha só, não dá tempo. E isso que tem dado tempo pra um monte de gente na minha vida. Eu sei que a Emily é ídolo dos emos. Fuck off. Atualmente, não tem maracujina que esteja dando conta aqui.

Nenhum comentário: