quinta-feira, julho 19, 2007

Deu água

Se você nunca, ao menos já deve ter ouvido alguma história de alguém que teve a desagradável experiência de deixar o celular cair dentro do vaso sanitário, ou, sendo menos pessimista, já molhou o seu na chuva, entrou com ele no mar ou na piscina... Algumas pesquisas deram conta que, somente na Inglaterra, 850 mil celulares caem em vasos sanitários por ano.

A Fujitsu viu nisso um nicho de mercado e lançou o F740i (abaixo). Seu design é do normal para o bonitinho e conta com câmera de 1.3 megapixel e cartão micro SD. Até aí, nada fora do comum, a não ser que ele pode ficar submerso na água por 30 minutos em até 1 m de profundidade.


Já a fabricante austríaca Emporia encontrou nicho na terceira idade. Ou acha que encontrou... A empresa desenvolveu um aparelho com teclas maiores e um botão vermelho de pânico na parte traseira e tentou emplacar o produto na Inglaterra, mas com isso causou uma grande polêmica.

Nenhuma operadora quis fechar contrato porque achou o produto preconceituoso. A fabricante se defende dizendo que tentou facilitar a vida desses clientes, simplificando funções e tentando facilitar a leitura, mas até algumas instituições a favor da terceira idade já se manifestaram contra...

3 comentários:

Matias disse...

Ué, perguntem pros idosos! Conheço vários nem tão idosos assim que adorariam um celular onde eles enxergassem os números.

Priscilla Foggiato disse...

Cara, concordo plenamente. A minha mãe - que nem é idosa, convenhamos - já gosta de fontes maiores...

David disse...

Aqui já tem um com esse propósito faz tempo. Até quero levar um pro meu vô, que vai poder procurar o telefone a ser discado no caderninho que ele carrega pra todo lado no bolso da camisa - do mesmo modo que ele faz com o telefone normal... Sem LCD pra confundir!

http://www.kddi.com/tu-ka/tokyo/kishu/tu-kas/index.html